Mulheres de Lua: Mandala Lunar Menstrual

Quando nos conectamos com nossa própria natureza cíclica e a celebramos como uma fonte de poder, temos a oportunidade de aprofundar a fonte de nossa sabedoria interior. 

O segredo do bem-estar, sucesso e realização das mulheres é o ciclo menstrual!

 Culturas nativas em todo o mundo homenagearam mulheres jovens com cerimônias para celebrar a menarca, o primeiro período menstrual. Nos tempos antigos, o sangue menstrual figurava de forma poderosa nos mitos da criação e na cosmologia. Os estudiosos estão começando a reconhecer que a Deusa estava viva na imaginação pré-histórica e que suas imagens representavam um compromisso humano com a “fertilidade” e a “natureza” (Noble, 1983). 

Os nativos americanos se referem à menstruação como a hora da lua. Tradicionalmente, as mulheres sangrando iam para uma cabana lunar para descansar e meditar, onde sua atenção poderia estar em outro lugar – nos planos espirituais oníricos, reunindo sabedoria. Nossa visão da lua muda diariamente à medida que ela passa por quatro fases.

Também somos criaturas de flutuação e vivenciamos um ciclo biológico mensal com quatro fases: menstrual, folicular, fértil e lútea – cada uma com sua própria mistura de elementos hormonais, físicos e energéticos. 

“estar em fluxo é a natureza do feminino, e esse é o modo de vida lunar. Você deve se dar permissão para mudar constantemente, cada sono é uma espécie de trabalho de parto repousante ao luar, durante o qual você dá à luz uma nova versão de si mesmo assim que o sol nasce. ” –Danielle Dulsky

Ser mulher é ser cíclica e menstruar é sagrado. Crescemos sem nunca aprender muito sobre isso, sobre menstruação, exceto quando nos dizem que podemos engravidar depois que ela aparece pela primeira vez e devemos usar absorventes quando sangramos, o que acontecerá todo mês. 

Nossa perspectiva social dominante considera a menstruação como uma necessidade biológica inconveniente, cujas evidências devem ser escondidas e encobertas, de preferência indetectáveis. No meio do desenvolvimento de nossa autoestima como mulheres através dos olhos de uma cultura patriarcal, inevitavelmente perdemos o poder e a sabedoria inerentes a nossos corpos femininos.  Não somos ensinadas a “ler” ou compreender nosso próprio corpo. Pelo contrário, somos ensinadas a nos envergonhar, esconder e aceitar vários meios artificiais para “gerenciar” nossos corpos. Enquanto mulheres sentem vergonha de estarem menstruadas, homens são ensinados a ter nojo também, a colocar tudo na conta da TPM ao invés de respeitar a mulher de cada fase. A Mulher é tida pelo homem como difícil de entender, mas não seria fácil se apenas observassem o desenrolar de cada fase? Cada fase do ciclo afeta como pensamos, agimos e reagimos, como sentimos e para que estamos disponíveis. Não podemos pedir isso dos os outros quando nós mesmas não o sabemos.

“Quando combinamos uma tarefa com as habilidades aprimoradas que experimentamos em uma fase, não apenas podemos fazer as coisas melhor e mais rápido – também nos sentimos bem! Nosso ciclo menstrual é um instrumento incrível para criar conquistas E felicidade.” Miranda Grey

MENSTRUAÇÃO

 O primeiro dia em que você vê sangue vermelho é considerado o Dia 1. Você começa a liberar o revestimento do útero, que se tornou espesso e esponjoso durante as últimas semanas. Os níveis hormonais caem e os níveis de energia podem fazer o mesmo. Para muitos de nós, este é um momento de grande alívio após a tensão interna que se acumula durante o pré-menstruação.

Dê a si mesma um consentimento amoroso para liberar as camadas acumuladas durante o mês, não apenas as camadas uterinas físicas, mas também os detritos psíquicos e a desordem emocional. A lua está escura e também “nova”, assim como esta fase de “fim-começo”. Não é necessário que o seu ciclo sincronize literalmente com a lua real – se você sangrar com a lua nova Estou me referindo ao seu próprio ciclo único, sua lua, sua estação; seu corpo é um microcosmo da terra! .

A menstruação está associada ao tempo de inverno, marcado pelas energias do retraimento, um momento para ouvir o seu eu interior e o seu corpo. O arquétipo da Anciã reivindica essa fase. As barreiras entre a mente consciente e subconsciente são reduzidas, permitindo que você abra sua consciência e interaja com a consciência de seu corpo. Veja mais sobre os arquétipos incorporados no ciclo menstrual aqui.

FASE FOLICULAR

 O hipotálamo avisa a glândula pituitária para enviar o hormônio folículo-estimulante aos ovários. Como resultado, cerca de uma dúzia de folículos (pequenos sacos em cada ovário) começam a amadurecer e a emitir estrogênio.

Você experimenta sua primavera interior, uma explosão de energia que pode brotar novas sementes e lançar novos começos. Você pode experimentar maior determinação, ambição e concentração e ser capaz de realizar mais em seu trabalho. É um ótimo momento para iniciar novos projetos, debater ideias e conhecer novas pessoas. 

FASE FÉRTIL

 O estrogênio está subindo e sinaliza ao útero para construir um novo revestimento. O estrogênio também promove a produção de fluido cervical. O colo do útero é a abertura inferior do útero e pode ser sentido projetando-se para a parte superior da vagina. O colo do útero é revestido por canais chamados criptas. Essas criptas produzem fluido cervical – frequentemente observado durante a fase folicular com uma qualidade pegajosa que então progride para uma textura cremosa, depois fértil e escorregadia para elástica, semelhante a clara de ovo, logo antes da ovulação. 

Toni Weschler oferece uma grande visão em Assumir o controle de sua fertilidade:

“O fluido cervical é para a mulher o que o fluido seminal é para o homem. Uma vez que os homens são sempre férteis, eles produzem fluido seminal todos os dias. As mulheres, por outro lado, são férteis apenas alguns dias em torno da ovulação, e, portanto, produzir a substância necessária para a nutrição e mobilidade do esperma apenas durante esse tempo. É bastante intuitivo. Os espermatozoides requerem um meio para viver, se mover e se desenvolver – caso contrário, eles morrerão rapidamente. Uma vez que os espermatozoides viajam do pênis para a vagina, eles precisam de uma substância comparável para sustentá-los. Mas o único momento em que é crucial para o esperma sobreviver é por volta da época em que o óvulo é liberado. É por isso que as mulheres produzem a substância que se assemelha ao sêmen por apenas alguns dias por ciclo. Em última análise, o fluido cervical tem várias funções importantes. Ele fornece um meio alcalino para proteger o esperma da vagina ácida, nutre o esperma, atua como um mecanismo de filtragem e, talvez o mais importante, serve como um meio pelo qual o esperma pode se mover. ” 

Quando ela diz que o fluido cervical “nutre” o esperma, ela está se referindo ao fato de que o esperma pode viver até cinco dias em fluido cervical de qualidade fértil. Quando ela fala sobre aquela “vagina ácida,” essa leve acidez serve como uma barreira natural para infecções e irritações. Ele reprime o crescimento de bactérias ruins e estimula o crescimento de bactérias boas (que agora sabemos que são vitais para prevenir infecções). Além disso, a vagina tem a capacidade de se manter limpa, secretando fluidos naturais para eliminar as células velhas e manter um pH saudável. Você sabe como às vezes a roupa íntima fica com aquelas listras brancas ligeiramente crocantes. Isso é apenas a limpeza da vagina! Lembre-se de que isso é totalmente diferente do fluido cervical. Durante a fase fértil, os níveis de estrogênio atingem o pico e a glândula pituitária secreta o hormônio luteinizante – fazendo com que um óvulo maduro se rompa de seu folículo e do ovário. Isso é ovulação.

Algumas mulheres sentem dor pélvica com a liberação do óvulo, bem como uma onda de energia ou uma sensação de esgotamento. 

O arquétipo da mãe-criadora comanda essa fase e transmite um senso de autoconfiança e valor próprio que permite que você ofereça apoio, encorajamento e força aos outros, com a confiança de que você é capaz de dar e sustentá-lo. 

 Este é o momento de ter conversas importantes … quando suas habilidades de comunicação aprimoradas permitirão que você transmita seus pensamentos e opiniões de forma mais clara, bem como ser mais receptivo aos dos outros”.-Alissa Vitti

FASE LÚTEA

Após a ovulação, as células das paredes do folículo iniciam a produção de outro hormônio, a progesterona. Nesta altura chamamos este folículo pós-ovulatório o corpo lúteo ou corpo amarelo. O corpo lúteo permanece na superfície do ovário e produz progesterona, que torna o endométrio esponjoso (um revestimento uterino esponjoso é necessário para que a implantação-gravidez- seja bem-sucedida). A progesterona também faz com que a temperatura ao acordar fique mais quente e o fluido cervical seque. Caso não ocorra o implante, após em média 14 dias, no máximo 16 dias, o corpo lúteo se desintegra e seu revestimento uterino é liberado, desencadeando a menstruação. Durante a primeira metade da fase lútea, sua energia ainda pode estar alta, então continue a desfrutar das atividades que você realizou durante a ovulação e, em seguida, reduza sua intensidade conforme sua energia declina.

Lara Owen em Her Blood Is Gold ecoa este sentimento: “A TPM deveria realmente representar a Força Pré-Menstrual, porque isso é o que realmente é: nosso poder feminino voltado para si mesmo porque a cultura patriarcal falha em nutrir e honrar a realidade e os dons das mulheres. Quando esse poder é reconhecido e desenvolvido, fica claro que o que o pré-menstruo traz é clareza emocional e coragem. ”

 A lua afeta o fluxo de água em lagos e oceanos e, assim como a maré, os corpos das mulheres são um equilíbrio em constante mudança de hormônios e fluidos.

Lua Nova: Representa solidão, introspecção. No nosso ciclo – Menstruação. Esse é um bom momento para trazer novas ideias do que você quer para sua vida.
Lua Crescente: Realizar, início de projetos, começos. No nosso ciclo – Fase Lútea. Bom momento para colocar em prática a sua ideia.
Lua Cheia: Energia lá em cima, tudo intenso. No nosso ciclo – Ovulação. Aqui você pode visualizar tudo o que quer ver sendo realizado, pois a Lua Cheia intensifica nossa vibração.
Lua Minguante: Hora de limpar e soltar o que não beneficia. No nosso ciclo – TPM. Analise o que não deu muito certo na hora de colocar em prática a sua ideia inicial.
 

Isso quer dizer que cada fase da Lua tem uma representação de cada fase menstrual não que todas as mulheres vão menstruar na mesma lua. por isso é tão importante rastrear o seu próprio ciclo, entender qual é a fase em que você se encontra e quais energias estão disponíveis para você.

MANDALA DA LUA

Mandala é método circular e criativo de rastrear e compreender as nuances energéticas e psicoespirituais do ciclo menstrual.  Permite uma conexão através da sua criatividade e atenção, além de ser muito fácil de visualizar o que se repete ciclo após ciclo o que lhe propicia uma melhor gestão de si mesma de acordo com as nuances de cada fase.

De forma básica, consiste em anotar o que acontece com você durante seu ciclo menstrual e, com o tempo, acompanhar o que escreveu para encontrar padrões de sentimentos, pensamentos, sensações, ações e comportamentos.

COMO UTILIZAR A MANDALA LUNAR

Você pode criar seu próprio controle, uma legenda com aquilo o que considera importante anotar e é funcional pra você.

Você pode usar a legenda para identificar como está naquele dia e colorir o ciclo de acordo com a intensidade da menstruação, por exemplo. Pode colocar informações sobre seus estados emocionais, físicos e criativos, incluindo sono, energia, atividade física, libido, relações sexuais, humor, muco vaginal e qualquer sintoma ou característica que for importante acompanhar.

Mente: focada, produtiva, ativa, presente, dispersa, névoa mental, distraída, refletindo,
Emoção: pacífica, zangada, intuitiva, desapegada, melancólica, frustrada, forte, ansiosa, grata,
Física: vibrante, sensual, pesado, cansado, exausto baixa energia, drenada, ativa, forte, dolorida
Espírito: mudança, vigilância, isolamento, paz, volátil, ferida, errante, misteriosa, profunda

Perceber sinais como intestino preso ou solto, muita ou pouca fome, nível de ansiedade, cansaço, irritabilidade, libido, criatividade, seios e ventre inchados, oleosidade na pele e no cabelo… Também pode incluir sonhos e insights, e percepções de relacionamento.

A Mandala Lunar Menstrual é uma ferramenta de autoconhecimento com a qual você pode aprofundar sua conexão com os ciclos naturais e expandir sua prática de autoconsciência, colocar o Sagrado Feminino em prática. Cada mandala que desenhamos, corresponde ao retrato de registros internos (sentimentos, sensações, vontades) e externos (as fases da lua e do ciclo menstrual).

Comece a preencher no seu primeiro dia de ciclo (menstruação), de acordo com a fase da lua, e escreva dia 1.  

Quando nos conectamos com nossa natureza cíclica, temos a oportunidade de aprofundar em nossa sabedoria interior. É importante seguirmos as necessidades físicas e emocionais de cada fase do ciclo e suas nuances. Assim como a natureza tem períodos de expansão e contração, convivência e recolhimento, nós também temos.

Todo o ciclo menstrual é um processo alquímico em si mesmo, durante o qual toda mulher que sangra passa por uma transformação dentro de si mesma. Menstruar significa viver uma transmutação cíclica em que o passado é abandonado e o novo é abraçado. Experimentar essa transformação por meio de um ritual consciente nos desperta para nossa conexão com os ciclos que acontecem ao nosso redor e para nosso relacionamento com toda a vida. ”
– Lara Owen, o sangue dela é ouro: celebrando o poder da menstruação

CLIQUE AQUI PARA BAIXAR A SUA MANDALA LUNAR

São 3 opções pra você imprimir e colorir, usar sua criatividade, rastrear e conhecer seu ciclo.

você se fazer as seguinte perguntas ao preencher:

Eu achei fazer as coisas hoje fácil ou difícil?

  • Como eu me sinto
    • Cansada ou ativa?
    • confortável com o toque do outro? Confortável com pessoas perto de mim?
    • Sociável ou antisocial?
    • Sensual?
    • Muito crítica com o meu corpo e minha aparência?
    • Desejo por guloseimas?
    • irritável ou de bom humor?

Recursos para Mulheres trabalharem o Sagrado Feminino

Você deseja viver plenamente como a mulher apaixonada, espiritual, poderosa, amorosa, criativa e sensual que você sabe que realmente é?

Arquétipos das deusas:

AtenaÁrtemis Hera Perséfone AfroditeDeméterHéstia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s