Meridiano da Bexiga; Armazém das Águas

Foto por James Wheeler em Pexels.com

A bexiga é chamada de ‘Ministro do Reservatório’, este meridiano é o meridiano mais longo e complexo. É uma víscera oca, segundo a teoria Zang-Fu da MTC, com características Yang, pertencente ao elemento Água e associada ao Rim. 

Nossos corpos são aproximadamente 60% de água, com a água sendo o principal componente do sangue, das células e o meio pelo qual qualquer coisa pode se mover ou fluir no corpo. E a bexiga é o  “o oficial que controla o armazenamento de água”.

Água, no nível da mente, refere-se à sua fluidez, seu fluxo de idéias, pensamentos, atitudes e concepções.  

Na natureza a água toma muitas formas, uma garoa, uma chuva forte, um lago calmo, um oceano tempestivo, águas transparentes ou escuras, uma névoa sutil ou cegante, pode ser fervente, morna, congelante, ou congelada. Água é o elemento capaz de assumir a forma apropriada conforme a necessidade. Em desequilíbrio, perdemos essa adaptabilidade. Não somos mais adequados em nossas reações. Nossa mente perde o controle apropriado. Não sabemos mais quando ficar quietos e parados ou quando a ação e a força são necessárias.

 Mesmo um ligeiro distúrbio pode ser percebido como uma grande catástrofe, vista de forma desproporcional. A mente pode voar em um milhão de direções, imaginando todos os tipos de cenários alarmantes.  Como a emoção associada ao elemento Água é o medo, os pensamentos se tornam aterrorizantes. 

Com a “mente seca” tendemos a nos tornar teimosos, estreitos, fixos e frágeis em nosso pensamento. Apegados a crenças e conceitos, não temos a capacidade de liberar o que é velho, tóxico e rançoso. Sem a capacidade de “seguir o fluxo”, perdemos nossa habilidade de nos adaptar e mudar.  Perdemos a qualidade da água, que inatamente encontra seu caminho através, sobre ou sob qualquer coisa que esteja em seu caminho. 

Na natureza, a água atravessa todos os tipos de terreno (colinas, montanhas, vales) em seu caminho para o mar. Quando flui desobstruída encontra seu caminho por cima, por baixo ou em torno de qualquer barreira. Em nossas vidas, também encontramos terrenos variados e, às vezes, barreiras aparentemente intransponíveis. Nosso caminho pode parecer bloqueado. Podemos ficar presos em um vale e não encontrar saída. Podemos ficar paralisados ​​de medo. Ou podemos contornar ou remover os obstáculos. Podemos fluir com o que a vida nos apresenta e seguir nosso caminho cientes de que o caminho é mutável não fixo. Que fazer planos é importante mas eles terão que se adaptar no caminho.

Uma mente sã, no que diz respeito ao Oficial da Bexiga, está segura de que contém um reservatório de força mental e resistência do qual se pode recorrer. É capaz de analisar, concentrar, estudar, memorizar, bem como ter a capacidade de estar em um estado meditativo – vazio, capaz de testemunhar o movimento de si mesmo de um local de tranquilo desapego.

Harmonia na Bexiga significa usar apenas o quantidade de reserva para a tarefa em questão – nem em excesso nem em falta. Porém, quando a água não está contida ou sem limites, ela se espalha e flui por toda parte, de forma aleatória e descontrolada. 

Normalmente, se temos um meridiano da bexiga desequilibrado, estaremos preocupados com a energia em um nível quase existencial – imaginando se temos força para continuar. O pesadelo em que isso pode se transformar para alguns é um terror ressecado e paranoico de temer por nossas vidas, de modo que podemos ficar desesperados em busca do menor resquício de refresco e energia. Mas nunca podemos reter a água ativamente – ela literalmente escorrega por entre os nossos dedos e, energeticamente, é necessário um nível de confiança e rendição para ser capaz de segurar um vaso, um Graal, para segurar as águas da vida. Na terra, a terra dura e seca fará com que chuvas repentinas se movam e passem e precisamos de uma disciplina de rendição e permeabilidade para sermos capazes de manter este recurso dentro de nosso campo de energia ‘(Paul Hougham’ The Atlas of Mind, Body and Spirit ‘p156)

Resumo :

Bexiga
Órgão EmparelhadoRins
Corazul profundo
Horas de pico15h-17h
Ramos Físicossistema nervoso autônomo
Funçõesarmazena e elimina a urina

Funções da Bexiga

É responsável por armazenar e excretar os resíduos urinários que são transmitidos pelos rins. Durante a micção, os músculos da Bexiga se contraem, abrindo o esfíncter para permitir que a urina flua pela uretra. O excesso de água, açúcares, resíduos tóxicos solúveis e outros compostos contidos na urina são eventualmente eliminados neste processo. Como órgão, a bexiga tem apenas esta função.

O trabalho deste Oficial é garantir que a quantidade correta de fluidos esteja, de fato, nos locais corretos para que cada órgão, função e sistema – física, mental e espiritualmente – tenha a lubrificação adequada para permitir um movimento suave, flexibilidade, limpeza e crescimento.

Como sistema de energia, o canal da bexiga está intimamente relacionado ao sistema nervoso autônomo. Isso ocorre porque o meridiano da bexiga corre ao longo da parte posterior do corpo, dos olhos ao dedinho do pé, com dois ramos paralelos fluindo ao longo de cada lado da coluna. Esses quatro ramos do meridiano da bexiga influenciam diretamente os troncos simpático e parassimpático do sistema nervoso autônomo, que regula nossa resposta de luta-fuga e, por sua vez, todas as funções vitais básicas do corpo.

Nas pressões da vida moderna, muitas pessoas sofrem de um sistema nervoso simpático excessivamente ativado, causando um estado constante de apreensão, angustia e medo. Isso pode ser acompanhado por tensão e dor ao longo da coluna e em sua periferia. A tensão nas costas e a dor podem ser aliviadas estimulando o fluxo de energia ao longo dos ramos espinhais do meridiano da bexiga. Essa estimulação induz relaxamento total ao mudar o sistema nervoso autônomo para o modo parassimpático reparador e repousante.

O meridiano da bexiga rege a parte posterior do corpo. Com pontos em duas linhas nas costas, é fácil ver como as costas constituem um campo fértil para o armazenamento de velhas feridas que mais tarde se tornam desequilíbrios de órgãos. Além de suportar o fardo do passado, as costas também devem suportar as pressões normais da vida cotidiana, incluindo sentimento de dever, exigências de autoridade, culpa, fardos que são físicos e psicológicos.

Questões de consciência da bexiga:
Confiança, coragem, intimidade, entusiasmo, liberação, expressão, suspeita, sensualidade, sexualidade, controle, ressentimento, ciúme, força de vontade, medo, ansiedade, raiva

Padrões comuns de desequilíbrio dos meridianos da bexiga:

  • Físicos:  Como o Meridiano de Tai Yang é considerado o mais externo, é o primeiro meridiano a ser invadido se houver algum ataque externo. Portanto, sua desarmonia pode causar sintomas como dificuldade para urinar, incontinência, micção frequente e urgente, dor ao urinar, urina escura ou com sangue, dor nos olhos, coriza, sangramento nasal e congestão nasal. Dor na cabeça, pescoço, costas, virilha e áreas das nádegas indicam desarmonia na via do Meridiano da Bexiga. assim como desidratação, febre, sede, diabetes, aversão ao frio, dores de cabeça occipitais, pescoço rígido, prolapso do útero em mulheres, próstata inchada em homens, infecções urinárias frequentes – especialmente em mulheres que estão com raiva com homens, artrite, obesidade, cólicas menstruais.
  • Psicoemocionais: Suspeita, ciúme, apego a rancores antigos, medo associado a ambientes frios, mudança de humor, excesso de entusiasmo, falta de confiança, apatia, baixa libido, medo habitual, inflexibilidade mental e emocional baseada no medo, atitude negativa. Falta de capacidade de tomar decisões e diminuição do caráter moral. 
  • Ciclo do medo e da bexiga
    • Poucas coisas perturbam mais nosso bem-estar espiritual do que sentir que temos pouca ou nenhuma energia em qualquer nível, acompanhada por uma sensação de pânico interno e agitação, e nos sentimos incapazes de enfrentar a vida em seus termos. Podemos congelar de medo ou nos debater de medo, imaginando-nos sozinhos, isolados, sem ajuda e enfrentando um futuro assustador. Tudo e todos parecem uma ameaça. Queremos esconder, precisando descansar, uma saudade da hibernação que poderia restaurar nossas reservas. Ficamos preocupados com a autopreservação e, à medida que nossos recursos diminuem ainda mais, nossa vontade de viver diminui também.
    • No extremo oposto, um meridiano da bexiga doente pode se manifestar como falta de medo. O que não será uma expressão verdadeira e saudável de coragem em circunstâncias apropriadas. Mas uma perigosa e falsa bravura, isso é na verdade um esforço para escapar do medo real, que sempre se esconde nas águas lamacentas e aterrorizantes bem abaixo da superfície . Quanto mais medo tivermos dentro de nós, maior será a exibição externa de destemor, um exterior protetor rígido. Isso pode se manifestar como uma prática extrema de artes marciais, musculação, munições, armas, estar em uma gangue violenta ou se envolver em atividades e esportes perigosos de maneira excessiva. Veja isso não significa você buscar ter uma experiência radical uma ou outra vez mas um vício neste tipo prática, tudo que for excessivo está em desequilíbrio.

Inimigos da bexiga:
Estresse emocional, longos períodos de medo, terror ou pânico danificam o sistema nervoso autônomo. Água potável de má qualidade, Toxinas da água como cloro e flúor, Tinturas de cabelo, Cosméticos, Metais pesados, Desidratação, Sal de mesa processado. Evite exceder em alimentos que produzem ácidos, como cafeína, refrigerantes, açúcar, trigo, glúten, doces, álcool, pimenta, alimentos picantes, frutas cítricas em excesso, pimenta, tomate, suco de cranberry.

Amigos da bexiga
Beba bastante água de qualidade por dia. Relaxe e aceite tudo com um pequeno sorriso interior. Use apenas sais saudáveis ​​como o sal do Himalaia, Celta ou sal marinho não processado. Faça uma dieta alcalina rica em frutas e vegetais frescos.

  • Melhores alimentos para a bexiga: Vegetais crucíferos, brócolis, couve de Bruxelas, repolho, cenoura, couve-flor, aipo, pepino, cogumelos, ervilhas, rabanetes, abóbora, abobrinha, batata doce, inhame, alho, cebola, alga, lagosta, caranguejo, camarão , amêijoas, mexilhões, ostras, sementes de gergelim preto, bagas de goji, sementes e nozes, óleos de nozes, pinhões. Todos os grãos. caldo de osso. Cordeiro, Veado, Porco. Frango, Ovos, Peru, Salmão. Bananas, mirtilos, melão, peras, passas, melancia. Sucos de vegetais, sopas e caldos de vegetais.
  • Óleos Essenciais: Existem muitas maneiras pelas quais os óleos essenciais podem ajudar no equilíbrio do chi dos parceiros rins e bexiga. Por causa de sua associação com o inverno, há uma sensação de frio com fraqueza do yang dos rins. Pode-se sentir extremidades frias, núcleo interno frio, micção frequente e dor nas articulações inferiores. Óleos essenciais aquecidos, massageados no corpo ou colocados em água quente do banho ou em escalda pés (adicione sal mineral / marinho para efeito diurético) podem aliviar o frio interno e as dores. Alguns desses óleos incluem * canela, zimbro, gengibre, pimenta-do-reino, hortelã-pimenta, cânfora, árvore do chá ou alecrim.
  • Juniper é um ótimo diurético por si só e atua na redução do edema e da estagnação da linfa.
  • Os óleos essenciais para estimular a acuidade mental e ajudar na fadiga mental são * manjericão, cardamomo, hortelã-pimenta, alecrim, limão e capim-limão *. 
  • Óleos que ajudam a aliviar o medo são camomila, clary, manjerona, lavanda, gerânio, bergamota, olíbano, neroli e sândalo *. Esses óleos podem ser usados ​​em combinação ou sozinhos em uma lâmpada de aroma, banho, ou em um óleo de massagem. 

Meridiano Pangguang

O Meridiano Pangguang – Taiyang do Pé é bilateral, com 67 pontos em cada lado. Inicia em B1, recebendo Qi do do Canal do Intestino Delgado pelo ponto ID18, no canto interno do olho, superior e lateral ao ângulo medial do olho.

Caminho do meridiano da bexiga: O Meridiano da Bexiga começa no lado interno do olho e atravessa a testa para chegar ao topo da cabeça, onde se ramifica para o cérebro. O canal principal atravessa a parte de trás da cabeça e se divide em dois ramos. Um ramo cruza o centro da base do pescoço e se estende para baixo paralelo à coluna vertebral. Uma vez na região lombar (parte inferior da coluna), ela se ramifica para alcançar a bexiga. O outro ramo cruza a parte posterior do ombro e desce por fora, que é adjacente e paralelo ao ramo interno. Ele continua descendo até chegar às nádegas, onde dois ramos passam pela parte de trás da coxa ao longo de caminhos diferentes que se unem na parte de trás do joelho. O meridiano articular então continua ao longo da parte de trás da perna, circula atrás do tornozelo externo, corre ao longo da parte externa do pé e termina no lado lateral da ponta do dedo mínimo, onde se conecta com o meridiano do rim.

Pontos do Meridiano da Bexiga

Principais pontos do Meridiano da bexiga

Ponto B1 ou Olhos Brilhantes

Ponto de Encontro dos Canais da Bexiga, Intestino Delgado, Estômago, Vesícula Biliar e Sanjiao com os Vasos Governantes, Motilidade Yin e Motilidade Yang.

  • Função: Expele o vento, limpa o calor, ilumina os olhos, alivia a dor, a coceira, e o lacrimejamento.
  • Indicações: vermelhidão, inchaço e dor nos olhos, coceira no canto do olho, lacrimejamento, cegueira noturna, daltonismo, visão turva.

Shu Dorsais da Bexiga

Também, os pontos Shu Dorsais dos diversos órgãos, são desde o B13 até B28. Pontos B31 ao B35 são usados para tratar patologias urogenitais, tanto masculinas como femininas. Por exemplo: menstruação irregular, impotência e prolapso uterino, além de pontos para indução ao parto.

Ponto B 58 (fei yang): Voar em ascendência

  • Função: remove obstruções do canal, fortalece os rins. Como ponto de junção (conexão Luo) do meridiano, o B 58 pode ser usado para criar equilíbrio e harmonia entre os dois Oficiais.  Tonificar B 58 vai puxar o excesso do Rim para a Bexiga deficiente.
  • Indicações: dor de cabeça, visão turva, obstrução nasal, epistaxe, dor nas costas, hemorroidas, fraqueza da perna.
  • Usado por sua conotação espiritual, este ponto traz paz, ordem e harmonia para componentes dispersos, especialmente pensamentos e sentimentos. Ele cria ordem a partir do caos. Restaurando a nossa habilidade de ver as coisas pelo tamanho que elas são, podemos finalmente lidar com elas.

B 60kun lun / montanhas Kunlun

  • Ponto de fogo.
  • Função: Expele o vento, remove obstruções do canal, relaxa os tendões, limpa o calor, revigora o sangue, fortalece as costas.

Na mitologia chinesa, as montanhas Kun Lun eram um lugar sagrado alto. Alcançar os picos dessas montanhas era residir com os deuses e imortais em um lugar de clareza e quietude – bem acima dos medos e sentimentos de ser inundado, atolado, esgotado, congelado e imóvel. 

  • Indicações: dor de cabeça, visão turva, rigidez do pescoço, epistaxe, dor nos ombros, costas e braço, inchaço e dor do inferno, parto difícil, epilepsia.
  •  Limpa a mente e o espírito, liberando tensão e negatividade. Usado na hora certa, esse ponto quebra o gelo e derrete as paredes de separação e solidão. Conhecemos a expressão coloquial “congelar os ativos”, que significa que não se tem acesso às suas reservas bancárias. Internamente, é preciso ter calor para descongelar e dar aos Oficiais a garantia de que as reservas estão acessíveis.

Ponto B 63: jin men / portal de ouro

Este é um portão de entrada para o reino. É um portal para a abundância de recursos – o tesouro real de tudo que é bom, bonito, energizante, revitalizante e curativo. Ele realmente traz uma qualidade espiritual dourada a tudo. Renova e inspira o paciente em seu caminho espiritual.  

  • Função: acalma os tendões e acelera os vasos conectores, abre portais, acalma o espírito.
  • Indicações: Mania, epilepsia, convulsão infantil, dor nas costas, dor no maléolo externo, deficiência motora e dor nas extremidades inferiores. Cansaço físico mas também emocional.

Ponto B 64: (jing gu ) Osso Capital

O nome “capital” implica importância, como na capital de um estado ou nação. Capital também significa riqueza ou ativos disponíveis para produzir mais riqueza. Este ponto atinge tais reservas internas. Os ossos são a parte mais profunda e densa do corpo, rica em minerais, proporcionando suporte e estabilidade. Como tal, este ponto tem um efeito profundo nos ossos, reforçando e fortalecendo a base do paciente, acessando as riquezas profundas do corpo, mente e espírito, e enormes quantidades de energia extra e poder obtidas somente na “capital”.

Como ponto de origem ( yuan ), esse ponto é frequentemente usado para aterrar ou ancorar um tratamento. Ele compartilha as qualidades de todos os pontos de fonte de ser capaz de contatar e acessar reservas profundas dentro de um Oficial (órgão / função), tonificando e fortalecendo aquele Oficial dentro de si, trazendo energia para a superfície, conforme necessário, onde ela pode ser usada. As reservas mantidas no elemento Água fornecem a força para resistir. Sem as reservas adequadas, o corpo, a mente e o espírito murcham e morrem por falta de força e resistência. A vontade e a determinação estão seriamente comprometidas, e o futuro parece uma perspectiva assustadora.

  • Função: Libera os canais e acelera os vasos de conexão, acalma o Coração e o espírito, dissipa o vento e limpa o calor.
  • Indicações: dor de cabeça, rigidez do pescoço, dor na região lombar e na coxa, epilepsia.

Ponto B65 (Shugu) Osso permanente ou  Osso de ligação

O elemento Água está diretamente associado ao estado dos ossos, bem como à sua capacidade de cicatrização em caso de danos ou fraturas. O osso inclui a medula óssea, o cérebro e a presença de problemas de desenvolvimento e crescimento (relacionados à Madeira, pois B 65 é o ponto Madeira do meridiano) podem ser atribuídos ao desequilíbrio no elemento Água. Este ponto melhora a cicatrização dos ossos e beneficia todo o sistema esquelético. Os ossos sustentam nossa estrutura e mantêm a integridade correta do corpo, da mente e do espírito. As fraturas não ocorrem apenas no corpo físico. O trauma pode fraturar a mente e o espírito, além de causar o colapso deles. Na falta de cicatrização adequada, um osso (em qualquer nível) pode deixar fraqueza, deformação e incapacidade permanentes. Este ponto traz essência, vitalidade e força que podem ajudar esses fracos.

  • Função: remove obstruções do canal, limpa o calor e elimina o vento.
  • Indicações: mania, dor de cabeça, rigidez do pescoço, visão turva, cicatrização dos ossos, dor nas costas, dor nas extremidades inferiores.

Ponto B66 (Zu tong gu ou tong gu) Passagem do Vale

  • Função: limpa o calor, remove obstruções do canal e elimina o vento.
    • Sendo o ponto Água do meridiano, este ponto pode ser utilizado como ponto horário entre as 15h e as 17h. Utilizamos pontos horários para limpar entulhos e obstruções acumuladas, permitindo-nos ver o verdadeiro estado de um Oficial.

Como em um lago coberto por folhas precisamos limpar a superfície para ver o verdadeiro estado das águas. Este ponto, usado como um horário, nos fornece os meios para saber. Ele limpa a água, bem como abre o caminho para que a água flua livremente.

  • Indicações: dor de cabeça, rigidez do pescoço, visão turva, epistaxe, mania, medo do futuro.
  •  Este ponto, utilizado pela sua conotação espiritual (a qualquer hora do dia), pode penetrar nas profundezas do vale e abrir caminho, elevando-nos para além dos obstáculos, libertando-nos do medo de um futuro desconhecido. Quando parece que perdemos nossa habilidade de fluir e nos adaptar ao caminho como faz a água.

Ponto B67 ou Onde Começa o Yin

O último ponto é B67, está localizado na margem ungueal lateral do 5º dedo do pé, na lateral e proximal a raiz da unha, na intersecção das linhas traçadas da base e da margem lateral da unha.

Como o ponto metálico do meridiano, o B 67 é frequentemente usado como um ponto de tonificação. Como tal, pode ser usado quando o Intestino Grosso (a “mãe” da Bexiga) tem um excesso relativo de energia em relação à Bexiga.o que é determinado pelo diagnóstico de pulso e, se encontrado, a tonificação do B 67 moverá o excesso da “mãe” para seu “filho” faminto. Esta é uma simples transferência de energia e um dos tratamentos mais elegantes que podemos administrar – conectar uma criança faminta ao seio de sua mãe.

  • Usado por sua conotação espiritual, esse ponto pode ser usado em pacientes desequilibrados com Água que atingiram seu limite (ou extremidade) de resistência e estão prontos para “jogar a toalha”. Eles podem estar exaustos, com medo, ansiosos, deprimidos, prontos para desistir, sentindo que não têm mais nada para dar. Este ponto pode reenergizar e reabastecer profundamente este Oficial quando o tanque de armazenamento estiver quase vazio.

♾interconexão

* O conteúdo é fornecido apenas para fins educacionais e não tem como objetivo substituir o aconselhamento, diagnóstico ou tratamento médico profissional.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s