Qi Variável- Diferentes Formas de Energia segundo a Medicina Tradicional Chinesa

A medicina ocidental foca nas estruturas físicas do corpo, compostas por diferentes substâncias orgânicas e inorgânicas, proteínas, tecidos e células. Essas substâncias formam a base fisiológica dos seres humanos. A medicina tradicional chinesa (MTC), não dispensa esse conhecimento mas vê o corpo como uma entidade inteira, conectando partes que trabalham juntas para sustentar a vida através de processos fisiológicos e energéticos. Algumas partes têm propriedades mais energéticas, enquanto outras possuem mais características materiais. A interação entre as diferentes partes é vital para o ser do indivíduo, de modo que elas são frequentemente referidas como substâncias fundamentais. Qi, sangue e fluidos corporais são as substâncias fundamentais mais importantes, necessárias para a vida.

Qi pode ser interpretado como a “energia da vida” ou “força da vida”, que flui dentro de nós. Às vezes, é conhecida como a “energia vital” do corpo. Na medicina chinesa o Qi modifica-se em formas de acordo com o local que se situa e de acordo com a função que exerce. 

Dentro do corpo, existem dois tipos básicos de Qi. Qi congênito/inato e o Qi adquirido. A primeira fonte de Qi é herdada de nossos pais na concepção. É conhecida como a “substância vital inata”. A segunda fonte é derivada de substâncias essenciais da natureza, como o ar que respiramos, comida e água. A qualidade do Qi adquirido portanto depende de nossos hábitos de vida. Tanto as energias vitais herdadas quanto as adquiridas são posteriormente processadas e transformadas pelos órgãos. O rim primeiro envia a substância vital inata para cima, onde combina com a essência alimentar derivada do baço. Além disso, ele se mistura com o ar fresco dos pulmões, onde finalmente se transforma em Qi do corpo.

Qi inato


Qi inato é o tipo mais original, essencial e vital encontrado no corpo humano. Possui propriedades pré-natais e congênitas. Após a concepção, a “essência congênita” (substância vital essencial herdada dos pais) é armazenada no rim,onde se origina. O Qi inato é nutrido ainda mais pelo Qi adquirido (essência alimentar derivada da digestão) do baço e do estômago. Após a conclusão desse processo, o Qi inato está pronto para viajar por todo o corpo para exercer seus efeitos. Começando pela porção entre os dois rins, conhecida como “porta vital”, o Qi se move pelo  triplo aquecedor e circula pelos órgãos, músculos, pele e meridianos, fornecendo a fonte de energia para todas as atividades da vida.

Tipos de Qi adquido:

Gu QiQi dos alimentos ou “JING Pós-Celestial”

Qi dos Alimentos

Esse Qi é a energia que provém da digestão e da assimilação dos alimentos feita pelo baço e estômago após o nascimento, representando o primeiro estágio de transformação do alimento em QI.

Quando o alimento penetra o corpo, ele é decomposto, sendo posteriormente transformado pelo baço em Qi dos alimentos, porém de forma ainda não utilizável pelo organismo. A partir daí, o QI dos alimentos toma 2 caminhos:
• Vai para o Pulmão, onde combinado com o ar forma o QI Torácico (ZONG QI).
• Vai para o Pulmão, e depois para o Coração, onde é transformado em sangue. Essa transformação é auxiliada pelo QI do Rim ou pelo QI Original.

KONG KI Energia Respiratória

Também conhecida como QI puro, ela existe na natureza, no ar que se respira. É inalado e penetra pelo corpo através do Pulmão. É a energia obtida através da respiração. É o QI do ar que se combina com o QI Alimentar para formar o QI Torácico.

QI Torácico ou Zong

É formado pela combinação de ar fresco inalado pelos pulmões e pelo Qi dos alimentos derivada do baço e do estômago. Como se concentra no peito, ele pode penetrar nos vasos sanguíneos do coração e dos pulmões e se movem para fora durante a expiração e para dentro durante a inspiração.  Ao fluir através do trato respiratório, ele suporta a função respiratória dos pulmões e afeta a intensidade da voz.  A fala está sob o controle do Coração e a voz é controlada pelo Pulmão, mas o QI Torácico acumula-se na garganta e influencia a voz e a fala, assim, um QI Torácico debilitado pode provocar impedimento na fala e fraqueza na voz. Sua capacidade de fluir através dos vasos sanguíneos e do coração é importante para regular os batimentos cardíacos e apoiar a circulação de outros tipos de Qi e sangue. O QI Torácico desempenha um papel importante em manter o corpo quente, ele auxilia o Coração e o Pulmão a empurrarem o Sangue para os membros, especialmente as mãos. Quando o Qi Torácico estiver debilitado, os membros, especialmente as mãos, ficarão frios.

  • Nutri o Pulmão (FEI) e o Coração (XIN), promovendo neles as funções de controlar o QI, a respiração o Sangue (XUE) e os vasos sanguíneos respectivamente.
  • Controla a voz e a fala.
  • Promove a circulação sanguínea para as extremidades.

Por ser o QI Torácico o regente da energia do tórax, ele sofre também influências de emoções como a tristeza e o lamento que debilitam o Pulmão e dispersam o QI Torácico. Nestes casos, as posições distais esquerda e direita do pulso que correspondem ao Coração e ao Pulmão estarão fracas ou vazias.

QI Verdadeiro ou ZHEN QI

O QI Verdadeiro (ZHEN QI) é o último estágio de transformação e refinamento do QI que vai circular nos meridianos e nutrir os sistemas. O QI Torácico é transformado em QI Verdadeiro através da ação catalítica do QI Original (YUAN QI).
O QI Verdadeiro assume duas formas distintas: o QI Nutritivo (YING QI) e o QI Defensivo (WEI QI).

QI Nutritivo (YING QI)

O Qi nutritivo, como o próprio nome sugere, fornece nutrição ao corpo. Circula principalmente através dos vasos sanguíneos com o sangue assim como para os meridianos para nutrir os sistemas internos e todo o organismo. Ele é ativado sempre que um ponto é estimulado.

O Qi nutritivo vem principalmente da essência alimentar derivada das propriedades de transformação e transporte do baço e do estômago. Forneça algumas das substâncias necessárias para produzir novo sangue e os nutrientes necessários para apoiar as funções fisiológicas dos órgãos.

QI Defensivo ou protetor (WEI QI)

É a energia protetora ou “energia de defesa”, YANG em relação ao QI Nutritivo (YIN).  Em termos ocidentais, o Qi defensivo funciona como o sistema imunológico, que ajuda a impedir que a doença ocorra ou se espalhe. Por ser formado a partir da parte impura dos alimentos, o WEI QI é mais denso e não pode circular nos meridianos, sendo então direcionado para a parte externa do corpo, circulando sob a pele, entre os músculos e difundindo-se para o tórax e abdome, ao contrário do QI Nutritivo, que é formado pela parte mais refinada do QI dos alimentos e circula internamente nos vasos e meridianos.

O Pulmão regula a circulação do QI Defensivo para a pele, assim como controla a abertura e fechamento dos
poros. Assim, a debilidade do QI do Pulmão pode levar à debilidade do QI Defensivo, ficando o indivíduo vulnerável a gripes frequentes. É o Pulmão quem distribui os Fluidos Corpóreos (JINYE) para a pele e músculos, portanto qualquer deficiência de QI Defensivo pode causar sudorese espontânea diurna, pela inabilidade de o QI Defensivo manter os fluidos no interior.

  • Protege a superfície do corpo contra agressões externas.
  • Controla a abertura das glândulas sudoríparas,
  • Regula a temperatura do corpo e aquece os órgãos.
  • Dá brilho à pele e lustro aos pelos.

Uma deficiência do QI Defensivo causa debilidade das defesas do organismo contra os fatores patógenos exteriores, fazendo com que o indivíduo fique propenso a gripes constantes.

Energia Perversa (XIE QI)

É qualquer energia nociva que, atravessando o WEI QI, provoque desequilíbrio entre o YIN e o YANG. É o fator patógeno, ou seja, qualquer agente externo ou interno que provoque desequilíbrio.

Energia Mental

É a própria manifestação da consciência. Esta energia é regida pelo Coração (XIN) que é a morada do SHEN (espírito), mas depende do funcionamento equilibrado de todos os órgãos e vísceras para que se mantenha normal. A boa saúde depende de uma boa atitude mental.

Sangue ( XUE)

A maior parte do sangue deriva do QI dos Alimentos produzidos pelo Baço . Quando o alimento penetra o corpo ele é decomposto, sendo posteriormente transformado pelo Baço em QI dos alimentos. A partir daí, o QI dos alimentos é ascendido para o Pulmão e depois para o Coração, onde é transformado em Sangue. Essa transformação é auxiliada pelo QI do Rim e pelo QI Original. Por sua origem a partir do QI dos alimentos, o Baço e o Estômago são a principal fonte de Sangue.


O Sangue (XUE) é uma forma densa de QI que flui para todo o organismo, nutrindo todo o corpo e não permitindo que os tecidos corpóreos sequem. Ele é ainda a base material para a consciência. Se o Sangue (XUE) for deficiente a mente será inquieta e infeliz e “flutuará” perturbando o sono.

Movimento do Qi

As quatro direções do movimento do Qi são para cima, para baixo, para fora e para dentro. Esses movimentos são tão importantes que, quando o Qi não puder mais viajar nessas direções, a vida chegará ao fim.

Cada órgão possui diferentes movimentos especializados. Por exemplo, o Qi do baço ascende do estômago para a parte pura dos alimentos digeridos, transformando-os em essência nutricional. O Qi do estômago, por outro lado, empurra os alimentos para baixo, a fim de remover suas impurezas. Alguns órgãos, como os pulmões , realizam movimentos nas quatro direções. O Qi do pulmão se move para dentro e para fora durante a respiração. No entanto, ao disseminar a essência nutricional para o corpo, o Qi do pulmão sobe e desce ao liquefazer o lixo a ser enviado aos rins.

Os diferentes movimentos do Qi trabalham de maneira coordenada para manter um equilíbrio harmonioso. A ascendente equilibra o movimento descendente, enquanto a externa equilibra o movimento interior. O movimento equilibrado é importante para promover as funções fisiológicas de diferentes tecidos, órgãos e meridianos. O movimento desarmônico do Qi leva a problemas de saúde. Por exemplo, o movimento descendente insuficiente do Qi do pulmão causa tosse. Quando o Qi do estômago não pode descer náusea e vômito ocorre.

Principais funções do Qi no Corpo

  • Catalisando Funções: O Qi auxilia na formação e transformações no corpo, por exemplo, na transformação de alimentos em Qi e Sangue.
  • Funções de proteção: o Qi defende o corpo contra patógenos externos
  • Funções de aumento e estabilidade: o Qi mantém os órgãos em seu lugar, mantém o sangue nos vasos, governa a remoção de fluidos
  • Funções de transporte: O Qi é a base de todo movimento e crescimento do corpo.
  • Funções de aquecimento: o Qi ajuda a controlar a homeostase e fornece calor para o corpo.

De um modo geral, o Qi desempenha várias funções vitais dentro do corpo. Quando surgem desequilíbrios, eles são vistos como perturbações nas funções do Qi. Nesse caso, certos pontos de acupuntura que têm um forte efeito de elevação e estabilização e podem ser usados ​​para ajudar a reequilibrar o corpo.


♾interconexão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s