Arquétipos das Deusas – Qual Deusa Predomina em você?

Segundo Carl Jung, arquétipos são um conjunto de imagens primordiais que se repetem sucessivamente durante as gerações. A sua presença no inconsciente de todas as pessoas (coletivo) dá sentido às histórias passadas.

A compreensão dos tipos de deusa oferece à mulher meios muito específicos de aumentar a autoconsciência de si mesma, seu relacionamento com seu amante, parceiro, sua maneira de educar seus filhos, seus impulsos internos em sua autoexpressão e criatividade. Novas formas de compreender a psicologia feminina têm surgido nos últimos vinte anos de uma perspectiva feminina. Em uma sociedade que banalizou o conceito da Deusa, aprender o significado das qualidades e energias da Deusa pode ser instrutivo para mulheres e homens. Estamos cientes de que os comportamentos, atitudes, gostos e desgostos de mulheres e homens parecem estar em conformidade com tipologias específicas.

Entender a energia / tipos da Deusa pode ajudar as mulheres a descobrir suas naturezas verdadeiras – seus dons e habilidades inatas, reconhecer onde elas são mais adequadas à vida, apreciar suas forças e também entender suas áreas de desafio. Além disso, os tipos de energia da Deusa são atraídos para outros tipos particulares de Deusas como amigos. Uns são mais adequados para um tipo de carreira ou direção de vida do que outro. O mais interessante é que nós, mulheres, temos uma combinação de vários tipos de energia / deusa dentro de nós mesmos de ascendência variável. Ao aumentar nossa consciência dessas várias energias, temos a oportunidade de afirmar e expressar nossas qualidades mais primárias de deusa, bem como descobrir maneiras de extrair as qualidades de Deusas mais recessivas dentro de nós. Desta forma, nós equilibramos nossas qualidades ocultas de deusa e melhor atualizamos nossos dons.

Deusa, de uma perspectiva feminina, representa um arquétipo feminino particular. O arquétipo, como conceito, é a base dos trabalhos psicológicos de Carl Jung. Segundo Jung, o inconsciente coletivo é a instância psíquica mais profunda que armazena experiências que não são nem pessoais e nem individuais, mas imagens primordiais ou arquetípicas, assim arquétipos são padrões duradouros de pensamento e comportamento estabelecidos na psique humana que permanecem fortes durante longos períodos de tempo e transcendem as culturas formando a base para todos os padrões de comportamento e instintos que a humanidade independentemente da cultura compartilha em comum.

Arquétipos são encontrados em sonhos, literatura, arte e mito e comunicam-se através de muitos símbolos. Os arquétipos compõem a fonte última de símbolos psíquicos que, por sua vez, atraem energia, estruturam-na e influenciam a criação da civilização e da cultura.

Considere que os órgãos masculinos e femininos são, de fato, símbolos para as energias arquetípicas conhecidas pelos chineses como yin e yang. Os arquétipos também vão além da psique, unindo os mundos interno e externo. Por isso, no íntimo de toda mulher encontrar-se as deusas. Todavia, em cada mulher, estará uma ou mais deusas ativadas e outras não, e mesmo a ativação terá suas diferenças individuais.

No início dos tempos, tinha-se o Matriarcado. Período marcado pelo predomínio do Arquétipo da Grande Mãe e, consequentemente o feminino tinha seu lugar de destaque. Em seguida houve uma grande revolução e as divindades masculinas passaram a predominar iniciando-se o Patriarcado. Neste período os valores masculinos passaram a preponderar e progressivamente o feminino foi rejeitado e execrado. Os valores associados ao feminino ligados ao princípio de Eros, que são a receptividade, a passividade, a disciplina e a subjetividade, que aparecem como o se relacionar, criar e cuidar, foram expurgados. E, valores associados ao masculino, ao princípio do Logos, tais como discriminar, julgar, impor regras e limites de maneira rígida, e agir e relacionar-se impessoalmente foram supervalorizados. No momento atual observa-se que as próprias mulheres aderiram ao modelo do Patriarcado, passando a supervalorizar o princípio do Logos Racional . Então, decidiram ser mulheres que pensam demais, racionalizam demais, agem demais, competem demais, julgam demais, discriminam demais e, se relacionam menos, criam menos, cuidam menos. As próprias mulheres passaram a ridicularizar as características inerentes do arquétipo do feminino. Assim, as mulheres passaram a viver com padrões de comportamento estereotipados, isto é, mediante ditames sócio-culturais. E, com isso, as Deusas foram renegadas . O grande e sagrado feminino foi caçado como bruxaria, queimado e suas cinzas foram sopradas ao vento. Mas, chegou a hora de ressurgir não para uma nova era Matriarcal mas para a harmonia e equilíbrio de Ambos arquétipos feminino e masculino .

Uma deusa é a forma que um arquétipo feminino pode assumir. Tipos de Deusas representam modelos de modos de ser e de comportamento que todas as mulheres compartilham e reconhecem do inconsciente coletivo. Nos contos de fadas, esse arquétipo pode ser revelado a nós como rainha, princesa ou bruxa. Em nossos sonhos noturnos, acessamos o inconsciente coletivo por meio do qual acessamos o conjunto comum de imagens arquetípicas. As deusas, como um arquétipo feminino, permanecem vivas até hoje na psicologia das mulheres; e, dependendo de quais energias são mais pronunciadas, influenciar sua personalidade com um caráter distinto, um modo de ser, um modo de se relacionar no mundo – uma maneira de oferecer seus dons especiais. Em outras palavras, as mulheres são uma mistura desses tipos com tipos específicos predominando enquanto outras qualidades podem ser mais recessivas – fora de sua percepção consciente.

Através da compreensão dessas deusas antigas, as mulheres de hoje podem se reconectar com seus próprios ciclos internos, tanto física como psicologicamente / espiritualmente. Deusa ciclos de desaparecimento – reaparecimento; criação – destruição; nutrir – devorar; nascimento – morte; dando – tirando. Dentro da deusa está o cosmos – contendo o continuum de opostos como um círculo. A morte não é meramente um fim; é também um começo. Estes opostos aparentes são capazes de serem reconciliados, reunidos através da sabedoria das deusas. A deusa não apenas nutre a vida física, mas também a vida da alma.

Arquétipos são nossos padrões internos, refletem nossas escolhas, inclinações, interesses e personalidades inconscientes.  São metáforas para nossos mundos internos, as forças internas que impactam nossos modos de viver. 

Quais aspectos dos arquétipos da deusa são predominantes em você?

Quais podem ser desenvolvidos?

Quais podem ser curados ou harmonizados, trabalhando com os arquétipos de outra deusa?

Entender o presente, as feridas, e os desafios de cada deusa é uma orientação para vida, e uma janela pra compreensão dos próprios sentimentos e reações diante das circunstâncias. São energias e modelos mentais e comportamentais presentes e vibrando do nosso inconsciente para fora.

Experimentamos predominantemente um ou alguns arquétipos em diferentes períodos da vida, mas podemos despertar o melhor de todos em busca de equilibrar as deusas dentro de nós. Em busca de atingir determinado objetivo. Usufruindo da energia e habilidade que uma deusa representa a cada mudança significativa que queremos fazer.

O presente de uma deusa pode ser a cura da ferida de outra, ou a energia de apoio para o desafio.

Veja o Questionário de Tipologia da Deusa

AtenaArtemis Hera Perséfone AfroditeDeméterHéstia

Consagração do ventre de luz. Sintonização Energética a cada Lua Cheia.
O Espelho da Deusa. Resgate do sagrado feminino
Amor SagradoCurso online- O ritual Maithuna é uma técnica poderosa de êxtase, maturidade e felicidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s