Quais as condições para que possamos realmente nos sentir e viver de forma abundante?

Reconhecendo a abundância 20 –

1) “Assuma a responsabilidade pelo que cria em sua vida. 

Quando assumimos a responsabilidade pela energia que emanamos ao universo, assumimos a responsabilidade por aquilo que criamos. Deixamos de ser vítimas e de nos envolvermos no drama. Passamos a ser os cocriadores da vida. Criamos junto a Deus e a tudo que nos envolve.

A verdadeira abundância é um estado de confiança de que Deus está em nossos corações, e que somos providos com o necessário. Assumimos que estamos em posse da energia criativa que nos conduz a um estado de merecimento. Somos Deus em ação.

Ao assumirmos essa responsabilidade pela criação, sentimo-nos responsáveis por tudo o que está ao nosso redor. Temos que estar prontos a assumir a responsabilidade sem achar culpados. Estamos exatamente no meio que criamos.

Se desejamos realmente nos abrir à verdadeira abundância de amor, de saúde, dinheiro e tudo que há no mundo, há que se ter essa confiança em si mesmo. Confiar que atraímos tudo o que temos, e que podemos mudar nosso nível vibracional para modificar nossa vida. Não há nada capaz de nos impedir de viver a verdadeira abundância, senão nós mesmos.

2) “Integre-se sem julgamento e sem culpa. Atire-se!

Ao assim fazer, deixamos de olhar a vida segundo regras sociais, e passamos a ver segundo a energia criativa que vibramos em nosso coração. Criamos sim a nossa vida, e não precisamos ter medo disso, nem de nada. Podemos nos atirar à vida, para que ao menos sejamos verdadeiros conosco mesmos. Como criar nossa própria vida se não houver verdade e autenticidade?

Para ser autêntico não há regras. Há somente que se responsabilizar pela vida, assumir o que trouxemos para nossa evolução. E assim deixamos de nos vincular aos dramas da vida. E isso exige coragem. Coragem essa que se manifesta, novamente, quando assumimos que Deus está em nosso coração, e que apenas nos cabe aceitar a vida, mas se sentindo parte do Todo.

Transformamos sim as nossas vidas porque confiamos no merecimento. Confiamos que somos parte do todo, e tudo é parte de nós.

A abundância de saúde, de amor, de dinheiro e de tudo que o Universo nos entrega, é um ato de responsabilidade pela própria vida, e em integração a Tudo o que É.

É um ato de coragem onde paramos de buscar culpados, seja lá pelo que for. Somos o Tudo. E nesse estado simplesmente somos os responsáveis, única e exclusivamente, por tudo que trazemos à nossa própria vida, e mais nada.

3) “Aceite a vida com humildade e resignação: Ninguém criou sua vida, senão você mesmo.”

Aceite todas as experiências. Você pediu vibracionalmente por cada uma delas. Você é Deus em ação e essa é a verdade. Então aceite a vida com resignação e humildade.

Há resignação e humildade diante das experiências, confiança de que cada uma delas será a que permitirá nossa transformação. Não fugimos dessa realidade, pois tudo que sentimos é um reflexo do que estaremos a nos tornar, do que estaremos a atrair para nossa vida.

Se sentimos injustiça na vida será isso que atrairemos. Se sentimos ódio, é isso que o Universo estará a refletir. Se somos vítimas da vida, o Universo pode nos tirar o poder de comandar nossas vidas. Passamos a nos submeter a tudo. Tornamo-nos aquele que não aceita e não confia nos desígnios de Deus.

Saibam disso: O Universo reflete nossos sentimentos. Por isso devemos cuidar deles.

Essa é a condição.

4) “Cuide de sua vibração. Pare de lutar”

Cuide de sua vibração, do que você entrega à vida, porque receberá exatamente na mesma medida do que você vibra. Aprenda a vibrar paz, harmonia, amor, felicidade e monte um ciclo de prosperidade em sua vida. Pare de lutar com a vida! Por favor, pare de lutar com a vida e assuma a responsabilidade pela sua vibração.

Você é um ser espiritual que vibra luz. Essa luz é a energia criativa que movimenta a vida, então a assuma. Pare de lutar e apenas vibre.

Continue a viver, mas vigie sua vibração.

5) “Seja o vazio. Aprenda a se ouvir”

Nenhuma resposta o conduzirá ao caminho da abundância senão aquela que está de fato em seu coração. Você somente se tornará abundante, verdadeiramente, quando deixar de se perguntar como fazer, quando então poderá tomar contato com o que é: O Vazio.

Só Somos a partir do vazio de perguntas. Nesse estado, somos capazes de vibrar e reconhecer as ondas que emitimos. É a partir do vazio que a mágica se dá, onde verdadeiramente assumimos a responsabilidade pela criação da nossa vida.

Não há nenhuma condição, senão a de aceitarmos com humildade e resignação a vida que criamos, e assim tomarmos a rédea de nossa transformação. É assim que começamos a escoar junto ao rio, ao nos tornamos o próprio rio que desce sem se perguntar como fazer. Ele caminha sem se perguntar, apenas sentindo os desníveis dos trechos adiante. Ele nunca sabe a próxima curva, a próxima queda, e não se pergunta quando será. O rio escoa e faz de acordo com o nível do terreno. É assim, simples.

Assumir a responsabilidade é isso. Escoar com aceitação, sem se perguntar como ou onde, mas vibrando amor, fé, alegria, resignação e humildade, sendo amor e luz verdadeiramente.

O vazio mental é o que nos traz aceitação da vida, sem questionamento de como poderia ser. Aceitamos o fato de ser, e vivemos o que somos na matéria. Somos aquilo que construímos, e isso é tudo, porque é perfeito à nossa vida.

Essa aceitação não é se conformar com tudo que está em nossa vida, mas aceitar. Essa aceitação nos trará a visão de que sempre houve o necessário, em qualquer circunstância, e sempre haverá.

6) “Não duvide disso. Você é abundante. Assim sempre será.”

A partir dessa confiança, crie seu auto amor, seu merecimento. Construa sua alegria a partir de si próprio, sem depender de ninguém. É apenas você que, na medida que vai se permitindo, vai se esvaziando e se tornando o Tudo. Vibre e crie esse ciclo de prosperidade e merecimento. Seja amor.

Então a vida na matéria se tornará a maior ilusão já vivida pela consciência, e tudo, absolutamente tudo, perderá o sentido de existir. E assim encontraremos a abundância plena, na ausência de sentido, onde o que importará será somente aquilo que vibramos, porque é o que criamos na vida. Esse sentimento se equiparará ao sentimento da abundância plena, quando simplesmente deixamos de ver condições para que isso se dê. As condições se apagam, as perguntas, as dúvidas, bem como os medos e os anseios, transformam-se no vazio, e a vibração de merecimento começa a agir. Somos Deus em ação.

E desse vazio de significado, podemos viver abundantemente, porque não há condições para esse sentimento. É simplesmente a vida como se apresenta, e a compreensão de que, no presente, ela traz o necessário à nossa evolução da alma. Simplesmente porque foi aquilo que atraímos. Então tudo sempre estará bem, porque o Universo age de acordo com o que vibramos. Basta aceitação e resignação em face disso, para que possamos nos transformar.

E, na medida que vibramos, a generosidade nos toma, porque junto dela vem a gratidão, a gratidão pela vida e por tudo que somos. Realmente somos Deus em ação, responsáveis pela vida. E isso é tudo, pois aquele que não possui onde ir, não se preocupa com o que virá. Há espaço para uma generosidade incondicional. A vida abre espaço para sermos, porque deixamos de ter significados que nos impõe formas de conduta. Podemos abandonar a tudo e vibrar.

7) “Eu Sou.”

Você é um ser vibracional. Está pronto a escolher seu caminho. Assuma essa responsabilidade.

Thiago Strapasson – 04/08/2017

Fonte: http://www.pazetransformacao.com.br

Reconhecendo a abundância parte  12345 678910111213141516171819202122 

À medida que eu me desperto, desperto você. Eu te desejo paz sobre todas as coisas.

Espavo ! O Kali Maluhia no me oe.

Início |Fórmula da cocriação |@Interconexão | Ferramentas Quânticas/Produtos|Constelação |


4 comentários sobre “Quais as condições para que possamos realmente nos sentir e viver de forma abundante?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s