Ressonância Schumann: Uma ligação direta entre humanos e o pulso da Terra

RESSONÂNCIA SHUMANN
foto NASA

O físico e professor alemão Winfried Otto Schumann concebeu em 1952 a primeira hipótese sobre  ondas electromagnéticas mensuráveis ​​na atmosfera que existe no interior da cavidade (ou espaço) entre a superfície da Terra e a ionosfera. De acordo com a NASA, a ionosfera é uma camada abundante de elétrons, átomos ionizados, e moléculas que se estende de cerca de 30 milhas acima da superfície da terra para a borda do espaço, a cerca de 600 milhas. Esta região dinâmica aumenta e diminui (e ainda se divide em sub-regiões) com base nas condições solares, e é um elo importante na cadeia de interações Sol-Terra. É esta “estação de energia celestial” que torna as comunicações de rádio possível.

Em 1954, Schumann juntou-se a outro cientista  HL König e juntos confirmaram a hipótese, detectando ressonâncias a uma frequência principal de 7,83 Hz; Assim, a “Ressonância Schumann” foi estabelecida medindo ressonâncias eletromagnéticas globais gerados e excitados por descargas de raios na ionosfera.

Na década de 1920, outro cientista alemão, Hans Berger, construiu uma própria máquina EEG, que levou à primeira gravação de freqüência transmitida pelo cérebro.

Quando o Dr. Schumann publicou seus resultados no jornal “Technische Physik”, o médico Dr. Ankermueller imediatamente fez a conexão entre a ressonância de Schumann e o ritmo das ondas cerebrais.Ele estava ansioso para achar que a Terra tinha a mesma ressonância natural que o cérebro humano e contatou o Dr. Schumann, que então atribuiu ao Dr. Herbert König para examinar o fenômeno.

Herbert König, que se tornou o sucessor de Schumann na Universidade de Munique, descobriu e demonstrou um vínculo claro entre as Ressonâncias de Schumann e os ritmos do cérebro comparando as gravações de EEG humanas com os campos eletromagnéticos naturais do ambiente  e descobriu que a freqüência principal produzida pelas oscilações de Schumann é extremamente próxima da freqüência dos ritmos alfa.

O professor R.Wever, do Instituto Max Planck de Física Comportamental em Erling-Andechs, dirigiu um estudo onde construiu um bunker subterrâneo eliminando completamente os campos magnéticos e manteve  voluntários no bunker selado por quatro semanas. Wever observou que os ritmos circadianos do aluno divergiram e que sofreram dificuldades emocionais e enxaquecas. Wever então adicionou a freqüência de Schumann de volta ao meio ambiente e apos uma breve exposição a 7,8 Hz  a saúde dos voluntários se estabilizou. Isso demonstrou uma ligação direta entre humanos e sua conexão com o pulso da Terra. 

Em 2011  Luke Montanye  durante a pesquisa da memória da água mostrou que as sequências de DNA se comunicam entre si por meio da freqüência.Além disso, ele pôde mostrar que a comunicação de freqüência estava tão avançada que conseguiu organizar nucleotídeos, que são os ingredientes que compõem o DNA, de tal forma que poderia gerar DNA novo.Enquanto outros estudos anteriores foram capazes de mostrar isso, Montanye fez algo diferente que nenhum outro estudo havia feito.Ele removeu todo o DNA da água e introduziu uma frequência.Essa frequência foi de 7,38 Hz, a Ressonância de Schumann.Quando introduzidos, os tubos de teste produziam novas hélices de DNA.Quando a frequência não estava presente, nenhum novo DNA se formou.Assim, temos uma ligação entre a Ressonância de Schumann e a criação da vida. 

Constatou-se que sempre que os astronautas, em razão das viagens espaciais, ficavam fora da ressonância Schumann, adoeciam. Quando submetidos à ação de um “simulador Schumann”, recuperavam o equilíbrio e a saúde.A conclusão e de que não podemos ser saudáveis fora desta freqüência biológica natural.

O Dr. Wolfgang Ludwig, vem investigando a Ressonância de Schumann e a conexão homem / natureza por muitos anos enquanto escrevia sua tese sobre Ressonância de Schumann.Seu objetivo era determinar quais freqüências estão presentes em um ambiente saudável. Ludwig descobriu que, embora a vibração da Terra pudesse ser claramente medida na natureza e no oceano, era quase impossível medir o pulso da Terra na cidade, onde os sinais artificiais afogavam os sinais naturais que a natureza criou por eons. Isso deve explicar porque nos sentimos tao revigorados apos um contato com a natureza, estamos sintonizando melhor sua frequência. 

O engenheiro elétrico Lewis B. Hainsworth,concluiu que as freqüências de ondas cerebrais humanas evoluíram em resposta a esses sinais.

Estamos ligados a TERRA somos influenciados por ela e a influenciamos.

Em 31 de Janeiro de 2017, pela primeira vez na história, a ressonância Schumann alcançou frequências de 36+ Hz. Foi considerada uma anomalia quando em 2014 essa frequência subiu de sua habitual 7,83 Hz para  níveis de 15-25 Hz .O que isso significa para nós como habitantes da Mãe Terra?

Se quanto mais alta a frequência mais informações elas podem transportar e sendo que estamos criaturas orgânicas interconectados a terra  e suscetíveis a campos , estamos recebendo assim mais informações desse campo? Se a frequência da Terra está aumentando, não deve  também elevar a nossa frequência?

Se a frequência esta aumentando continuamente sendo ela  interconectada a nossas ondas cerebrais, e estando em ondas  BETA estamos coletivamente na ponte vibracional para ondas GAMA, considerada a  super-consciência? Estamos sendo impulsionados pela terra a elevar a nossa consciência coletiva ?  E conforme nos elevamos estaríamos impulsionando ela em sua pulsação ? Não seria um brilhante sistema de apoio mutuo ?

Deixo esse texto nessas perguntas, por que não cabe a mim responde-las mas sim instiga-las. Cada um que  pondere por si … Que mantenha a pergunta aberta, e receba do coração da terra a  resposta apropriada a seus corações afinal segundo a ciência são um.

Foi uma pergunta que nos trouxe até o que conhecemos hoje, e nos levará ate o que saberemos amanhã .

Gab @INTERCONEXÃO

fontes: 1 / 2 / 3 / 4

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s