Tecnologia interior pra mudar nosso mundo 

Há muito se houve por aí essa história de poder da mente, e lei da atração. Uns acreditam outros nem tanto, alguns tem resultados efetivos, outros de tanto tentar e “falhar” desacreditaram e dizem que é balela.

Aquele que é espiritualizado religioso ou não, sabe que os ensinamentos antigos independente da religião falam do poder interior, do Deus dentro de cada um de nós. Quem já leu a Bíblia ou viu filmes dessa linha lembrará que no livro sagrado tem passagens que afirmam o poder da fé, e que Jesus afirmou que aquilo que ele fazia qualquer um poderia também fazer, pois todos somos filhos do Pai. Muitos mestres transmitiram esses ensinamentos ao longo dos anos, mas a ciência ainda não tinha uma linguagem pra explicar o que ela não podia entender.Agora tem, e a chamamos Física Quântica.

Algumas das experiências que separei a seguir ajudam a entender e constatar que nós como humanos temos um poder além do calculado até pouco tempo atrás. Que nosso DNA afeta nosso meio e que nossos pensamentos e emoções afetam nosso DNA.


O estudo chamado “DNA Phantom Effect” é do físico russo Vladimir Poponin que Conduziu uma experiência para analisar a relação entre o DNA e as partículas de energia do qual nosso mundo é feito (fótons /partículas de luz).
Na experiência foi pego um tubo de vidro e retirado todo o ar criando um vácuo, o que resta no tubo aparentemente vazio são pequenas partículas de fótons.

Mediram-se as partículas pra ver como elas estavam distribuídas no tubo, verificando que elas estavam dispostas de maneira dispersa.


Na segunda etapa eles inseriram DNA humano no tubo, e voltaram a medir os fótons verificando que o DNA havia provocado um alinhamento dos fótons.

 Quando o DNA foi retirado tubo imaginando que as partículas se desalinhassem novamente, eles permaneceram alinhados como se o DNA ainda estivesse lá. O efeito causado pelo DNA permaneceu .Como o que diz que a sua presença contínua ressoando …

Outra experiência feita pelo exército americano provou que não existe limite espaço-tempo entre as emoções de um doador e as respostas do seu DNA mantido a distância.

Nesta experiência coletaram DNA humano da saliva de um doador, colocaram dentro de um dispositivo que media seus efeitos e mantiveram em um quarto enquanto o doador do DNA estava em outro quarto de um mesmo prédio.Então eles sujeitaram o doador à estimulação emocional que gerava respostas emocionais de alegria, tristeza, medo ou raiva e mediam o DNA que estava separado no outro quarto pra ver se ele seria afetado por essas emoções ou não.

A experiência mostrou que as células estavam respondendo as emoções do doador exatamente no mesmo momento, a distância não causou nenhum atraso, como se eles estivessem conectados.

O exército interrompeu os experimentos neste ponto, mas Dr. Backster e sua equipe continuaram as investigações a distâncias maiores chegando a 563 quilômetros e as células continuaram a responder simultaneamente, sem serem afetadas pelo espaço/tempo.


Os pesquisadores do HeartMath, instituto que provou a existência do campo eletromagnético do coração conduziu uma experiência para saber se poderia existir outro tipo de energia, ainda por descobrir, viajando dentro desse campo agora conhecido.Decididos a examinar os efeitos das emoções humanas sobre o DNA, eles começaram treinando um grupo de pessoas com técnicas de autogerenciamento mental e emocionais especialmente projetadas na focalização de emoções, de modo que eles conseguissem despertar emoções fortes e claras.

Isolando o DNA humano em um béquer de vidro eles pediram a esses indivíduos para terem essas “emoções humanas coerentes” de maneira clara como amor, compaixão ou ódio e raiva e analisaram a resposta do DNA exposto a cada emoção.

Os resultados mostraram que na presença de emoções como amor e compaixão o DNA ficava extremamente relaxado e o oposto acorria na presença de ódio, raiva e inveja quando ele se contraia.

Sabe-se que o relaxamento do DNA interfere diretamente na imunidade do nosso corpo logo emoções estão correlacionadas às doenças cientificamente. Quanto mais relaxado o DNA melhor a resposta de imunidade e vice e versa.

Os estudos de Masaru Emoto registraram alterações moleculares na água conforme exposta a vibrações negativas ou positivas (música, palavras, sentimentos), gerando cristais bem ou mal formados.

O DNA em nosso corpo tem um efeito direto no nosso mundo material físico. As emoções humanas tem a capacidade de alterar o DNA que tem um efeito nesse mundo. A energia que liberamos, de alguma forma, interage com toda a energia presente. E a distância é irrelevante, os efeitos são os mesmos,não estamos limitados por espaço/tempo. Cada pensamento é um processo de reação em Cadeia .


A espiritualidade tem tentado nos dizer durante séculos que estamos todos interligados e conectados agora a ciência mostra que ela estava certa o tempo todo.

“O universo não é feito de coisas, mas as redes de energia vibracional, emergindo de algo mais profundo e sutil” Werner Heisenberg

Somos como uma grande rede de computadores conectados wifi. Cada um de nós tem seu próprio endereço de IP (assinatura energética/vibracional) e podemos nos comunicar uns com os outros através de fluxos de dados (energia) sem limite de distância.

A tecnologia interior capaz de mudar nosso mundo.


A medida que eu me desperto eu desperto você. Eu te desejo paz sobre todas as coisas.

Gabby @interconexão

13 comentários sobre “Tecnologia interior pra mudar nosso mundo 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s